Artigos

Os italianos têm um grande orgulho de suas raízes e seu passado e é exatamente por terem crescido aprendendo a valorizar sua história que muitos dos costumes e tradições permanecem até hoje de forma admirável. No último domingo visitei o antigo Borgo Malanotte, em uma pequena cidade aqui no Vêneto. Já falei sobre o lugar aqui. Todos os anos a associação responsável pela manuntenção e divulgação do borgo organiza um evento muito bacana. A ideia é voltar ao passado fazendo reviver o borgo em seus tempos antigos, o povoando de personagens, objetos e atividades que um tempo existiam por lá.

Em qualquer lugar do continente europeu a primavera é sempre muito esperada. Depois de meses de frio, as pessoas querem se vestir em modo mais leve e sair para passear ao ar livre. O humor muda, as flores colorem as cidades e todo mundo fica mais aberto e com vontade de socializar. Read more

Antonio Canova foi um grande escultor e pintor vêneto e expoente do Neoclassicismo. Suas obras estão espalhadas por museus na Itália e no mundo, mas uma em especial celebra toda sua genialidade e dedicação à arte, o templo com o qual presenteou sua cidade natal, Possagno, a 80 km de Veneza. Projetado entre 1804 e 1818, foi construído quase totalmente com recursos do próprio Canova, que morreu porém em 1822, 10 anos antes do templo ficar pronto.